sobre as profecias

Na postagem profecias bíblicas vimos algumas profecias que falharam. Não podemos dizer que se a Bíblia está errada, o ateísmo estará certo. Afinal existem outros livros dito sagrados não é mesmo? Livro dos Espíritos, Alcorão, Sutra do Lótus e assim por diante. Assim, vale a pena procurar por inconsistência em tais livros também. Esta pode não ser a prova da inexistência de qualquer deus mas chama a atenção para este alegado deus que inspira tudo errado.

Evidentemente os cristãos tem justificativas, explicações para as passagens abaixo. Estas justificativas podem ser divididas em 5 tipos e elas podem ser lidas aqui. Mas será que a Bíblia foi feita a base de um ajuntado de lendas e rituais antigos?


Se os outros livros dito sagrados (Alcorão, Livro dos Espíritos, etc) tem a sua cota de erros, deixo a critério do leitor procurar. Futuramente talvez as coloque aqui também.

Infelizmente, parece haver apenas 3 tipos de supostos profetas:
1 - o que não dá nem datas, nem fala qual evento claramente acontecerá, nem locais exatos e etc.
2 - aquele que dá detalhes e, portanto, falha a maioria das vezes (como seria esperado estatisticamente, probabilisticamente)
3 - o que combina 1 e 2 acima.

Em relação à Bíblia, sempre que algo ocorre, interpreta-se, muda-se o sentido das palavras da Bíblia só para poder dizer "a profecia se realizou" ... "era disto que a profecia falava" ...ainda que estava de forma vaga, sem data ou errada. Infelizmente nenhum pastor, padre, bispo, etc, papa, pode dizer o significado das profecias antes de acontecer. Para que precisamos então das profecias da Bíblia?

Interessante notar também que estas profecias que falharam estão contidas apenas nos livros oficiais!!! Ou seja, todo o trabalho que as igrejas tiveram em separar os livros oficiais dos chamados apócrifos ainda assim ficaram muitas falhas.

Novamente vem a pergunta:
Afinal qual deus mentiria ou se enganaria?

Ou a Bíblia teria sido escrita apenas por pessoas movidas apenas pelas percepções que tinham do mundo e com uma certa dose de alucinações?



Postagens relacionadas:


2 comentários:

Anônimo disse...

Ateismo ou Fascismo ?

Pensem direitinho com inteligencia e tente mudar um pouco, pois esta muito parecido. A! ja ia me esquecendo, pilares são bases fortes com sustentabilidade, se quiserem uma dica eu dou.

O ateismo é fraco e pouco coeso. parece uma tentativa de se mostrar mais racional que o resto do mundo.

ex-cristao disse...

Olá Anônimo, bem vindo

Fascismo: "Sistema político nacionalista, imperialista, antiliberal e antidemocrático, liderado por Benito Mussolini (1883-1945) "

Ateísmo: "posição que dispensa a idéia ou a intuição da divindade, quer do ângulo teórico (não recorrendo à divindade para se justificar ou fundamentar), quer do ângulo prático (negando que a existência divina tenha qualquer influência na conduta humana). "


Espero que quando você disse que fascismo lembre ateísmo seja por "trolagem" e não por ignorância, estupidez ou teimosia.

Não quero dica sua de maneira alguma. Nem o básico você sabe.


Até.