Moisés tomava alucinógenos?

É sabido que drogas alucinógenas acompanham as civilizações desde épocas remotas. Dados históricos apontam até mesmo pequenas tribos. Muitas destas drogas eram consumidas com fins espirituais. Eles entendiam que as drogas abriam as portas da percepção. Não consideravam que as visões, etc, causadas pelas drogas eram devido a um mal funcionamento do cérebro que as drogas causavam. Claro que as drogas eram usadas também pelo prazer que proporcionavam.

Então as alucinações eram na verdade consideradas como visões corretas. E para justificar, explicar, tais visões muitas religiões surgiram. Este é um dos ingredientes das religiões: alucinações naturais ou induzidas por drogas. Outro ingrediente é, é claro, a crença em presságios tirados de fatos puramente fortuitos, o que falaremos em outras postagens.

Benny Shanon, especialista em psicologia cognitiva, começou a pesquisar a relação entre os efeitos da planta e a criação das grandes religiões, quando ele próprio experimentou a ayhuasca, conhecida por chá do Daime no Brasil.

"A substância abriu para mim uma dimensão do sagrado que nunca tinha vivenciado antes, tive visões muito fortes, inclusive de cantar junto com milhares de anjos", descreveu ele. "A experiência foi tão forte que me levou a querer integrá-la no estudo da fenomenologia da consciência humana."

Segundo ele as religiões mais antigas, como a zoroastra e a hinduísta, também teria havido rituais ligados à ingestão de substâncias que levam a alterações cognitivas, nos quais os participantes 'viram Deus' ou 'viram vozes', fenômeno conhecido como sinestesia (relação espontânea entre uma percepção e outra que pertença a um sentido diferente como ver sons, sentir cheiro de cores e assim por diante) .

Na Bíblia, há frases como 'o povo viu as vozes', que chamaram a atenção de Benny Shannon. Frases como esta descrevem exatamente a sinestesia que ocorre com a ingestão da ayhuasca. Shanon diz ter encontrado frases semelhantes também em textos e cânticos de outras religiões.

Benny Shanon, sugeriu que Moisés, considerado o principal profeta da religião judaica, pode ter ingerido uma substância semelhante à ayhuasca. A criação dos Dez Mandamentos poderia ser conseqüência de uma experiência com substâncias psicotrópicas, que alteram o estado cognitivo do indivíduo, e se encontram em plantas existentes inclusive no deserto do Sinai.


Para ler a matéria, clique na imagem.


Um comentário:

Josiel Dias disse...

Olá meus queridos irmãos, Graça e Paz.

Como é maravilhoso encontrarmos textos que nos fortaleça na fé, não é mesmo? Parabéns pelo maravilhoso trabalho, muito edificante.
Vivemos dias de tribulações e esfriamento na fé, e muitas heresias onde muitos estão se alimentando de alimentos não sólidos e contaminados sendo assim adoecem espiritualmente se não tratados morrem na fé. Nestes últimos dias tem Deus levantado, homens e mulheres com compromissos de divulgar a palavra de Deus em tempo ou fora de Tempo “Gloria a Deus” . Trazendo mensagens edificantes aos nossos corações. Como sempre tenho dito: Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Gostaria de aproveitar a oportunidade e compartilhar o nosso “blog”:Gostaríamos muito de contar com sua visita e comentários. Deus te abençoe ricamente.

“Mensagem Edificante para Alma”
http://josiel-dias.blogspot.com/


Josiel Dias
Cons. Missionário
Congregacional
Rio de Janeiro